FLAGCOUNTER DE ALÔ VIDEOSFERA - LINK IN

LITURGIA DIÁRIA - COMECE O DIA FELIZ - CONGREGAÇÃO IRMÃS PAULINAS

LITURGIA DIÁRIA - COMECE O DIA FELIZ -  CONGREGAÇÃO IRMÃS PAULINAS
CLIQUE NA IMAGEM PARA ACESSAR A LITURGIA

19 de nov de 2012

Mensagem de Nossa Senhora de Piedade - Piedade dos Gerais/MG - Brasil

Mensagem de 27 de Outubro de 2012
Porta-voz - Marilda Santana



Queridos filhos!

 Com grande Unidade, venho até vocês – neste ano, que é o ano da Unidade. A Unidade é a presença linda do Céu – do Pai, do Filho e do Espírito Santo –, em nossos corações e no meio de nós, nos ensinando a sermos instrumentos como Jesus nos pede tanto! Ser instrumento de Jesus é ser sereno, simples, humilde. É estar com o coração sempre em paz. Hoje, você é escolhido de Deus para ouvir a mensagem do Céu neste lugar. Então, não deixe, nunca, de suplicar a Deus a paz para sua vida, para sua caminhada e para sua missão.
LEIA MAIS:
Quando fazemos algo para a obra grandiosa do Céu – que é a obra do amor –, seremos, sempre, gratificados e abençoados por Deus. O bom pai, a boa mãe e o bom filho, sempre, será uma benção. Assim, também, é a caminhada de toda a humanidade aqui na Terra. Quem deseja ser abençoado, tem que fazer o bem. Plantar o bem! Hoje, se você fizer o bem ao próximo, olhando, somente, se a pessoa merece, até mesmo, às pessoas mais próximas de você, às vezes, poderá se envenenar com a maldade do Inimigo. O Maligno, muitas vezes, leva você a sentir inveja, a ter ciúmes, a mentir, a ter preguiça. Mas, tudo isso são migalhas, e Deus não nos quer diante dessas migalhas. Deus nos quer diante da felicidade. E a felicidade maior que você tem é poder fazer o bem ao próximo . É saber que, mesmo que os homens, aqui na Terra, não lhe retribuam pelo bem que fizer, o Criador do mundo vai lhe retribuir sempre, porque o Pai, que lhe criou, é bom! A nossa lição de Unidade, de vivência da Misericórdia, neste ano, é que Jesus tem nos colocado a viver a Misericórdia como fonte de salvação. Jesus disse: “A Minha Misericórdia será para vós a última tábua de salvação”. Então, a Misericórdia é, hoje, fonte de salvação para as famílias, para os jovens, para as crianças, para toda a Santa Igreja. O Papa João Paulo II, hoje santo, nos pediu, com tanta alegria, que anunciássemos a Misericórdia de Deus. Ele foi o fruto da presença de Jesus Misericordioso em sua nação. Ele espalhou a semente, evangelizando por todo o mundo. Temos que respirar a Misericórdia de Deus e procurar viver, este tempo que nos resta, neste ano dedicado à Misericórdia, mais consciente da necessidade de termos, no nosso coração, a Misericórdia de Deus. E a Misericórdia nos chama à Justiça. Nós já vivenciamos momentos de Misericórdia, em que foi preciso fazer a caridade com as almas mais necessitadas e carentes. A carência não está relacionada, somente, à fome. A carência, a que me refiro, é àquela que o homem sente a ausência de Deus e, por causa disso, se torna carente e perdido. É como se ele se sentisse sem o pão. É como se sentisse sem a família ou o abrigo para acolhê-lo. A carência, hoje, não é, só, de pão, mas, é a carência do amor de Deus. Quando Jesus nos fez viver a Misericórdia, Ele nos fez estar no seu Coração – dentro das entranhas de seu Coração. Ele nos fez ter uma experiência bonita, de sabedoria paciente. A sabedoria paciente não é fácil. Quando você pede a Deus uma cura, quer no mesmo instante. Quando você vê um irmão no vício, quer a sua libertação imediatamente. Quando você vê um jovem no caminho das trevas, quer que ele conheça a luz no mesmo momento. Isso é algo que está em nós. Queremos o que é bom rápido. Sabemos que Deus é bom e que seu amor é grandioso, e aí, mais queremos a presença de Deus rápido na nossa vida! Mas, Jesus nos ensina, com sua Misericórdia, a ser paciente. Essa é a sabedoria da paciência. Quantas vezes uma mãe ora, dia e noite, anos e anos, pela conversão do filho pecador? E Eu pergunto: há quantos anos estou presente com vocês, aqui no Brasil, de corpo e alma?! Há quantos anos Deus me envia para manifestar a Misericórdia sobre o mundo?! Quantos anos que Deus me envia sobre a face da Terra?! No meu coração, Eu sei que tenho que ter sabedoria paciente. Compreender que o plano de Deus vai além da nossa vontade. A minha vontade, como Mãe, é ver meus filhos na paz, longe do mundo de dor, de violência, de guerra, de pecado, de maldade, de ganância. Esse é o desejo desta Mãe que lhes fala. Uma mãe que quer o amor e a felicidade para os seus filhos. Uma mãe que quer a brisa mansa na vida dos filhos. Mas Eu tenho que ser paciente, porque, hoje, no mundo, há uma grande resistência a Deus. O homem, muitas vezes, não quer a conversão. Deus mostra ao homem o caminho, mas ele, simplesmente, nega a Deus. Deus mostra o sofrimento, mas ele, nem pelo sofrimento, quer vir até Deus. É por isso, que o passo seguinte, depois desse tempo de Misericórdia, será o tempo da Justiça. O que é esse tempo da Justiça? Nós não vamos ter tanto tempo. O nosso tempo será de Justiça imediata. Quando chegar esse momento, veremos, com os próprios olhos humanos, o que é a Justiça. Isso porque nós vamos ver! Quem está sendo desobediente, vai sofrer as consequências da desobediência. Quem está no pecado, terá sobre si os efeitos do pecado. É, por isso, que, hoje, você tem que procurar respirar a Misericórdia de Deus. Nós estamos, ainda, sobre ela. Assim, terá a sabedoria da Misericórdia e da Justiça. Neste ano, nós estamos vivendo a Misericórdia e a Unidade! Estamos vivendo, ainda, um tempo de muita Unidade e de muito Amor. A Unidade significa união, amor, compaixão, redenção. Já a Justiça tem o sentido daquilo que precisa ser feito. A humanidade não está preparada para viver o tempo da Justiça. Até mesmo porque o homem se habituou a ser injusto. O homem se acostumou a querer sempre sair na frente. Muitas vezes, até magoando aqueles que estão perto de si, seus familiares, sua nação. O homem não pensa na graça de poder servir ao próximo de coração e, assim, ser feliz de verdade. A felicidade não é o que está no mundo! Você pode ter todas as realizações do mundo. Às vezes, pode desejar realizar muitas coisas do mundo – querer o mundo aos seus pés! Mas, mesmo que tenha tudo, na situação que o mundo se encontra, hoje, você não vai se sentir realizado. Isso porque a realização não é somente ter as coisas do mundo. A realização é ter paz. Tendo paz, poderá, mesmo estando em uma vida simples, ser feliz. Se você tem Deus, consegue ver que está diante da natureza mais linda, do oceano mais esplêndido, consegue ver que tudo é felicidade. Se você tem Deus, sabe agradecer pela família, pela força, pela coragem. Ao contrário ocorre se você não tem Deus. As pessoas ficam deprimidas. Por que as pessoas, hoje, estão muito deprimidas? É porque ninguém sabe agradecer. Hoje, o homem só reclama! Não sabe agradecer! Já amanhece o seu dia, sem saber dizer obrigado Senhor por este dia, pela minha vida, pelos filhos, pela minha família. O homem não sabe valorizar o que tem. Muitas vezes, considera bom aquilo que está lá fora, não aquilo que está dentro de sua casa. É por isso que, hoje, o homem vive deprimido, e não é feliz. Mas, o que é a felicidade? A felicidade é poder olhar ao seu redor e saber que a sua vida é um presente de Deus. A felicidade é saber que está vivendo sua missão por Deus. Saber que foi Deus que o colocou neste Vale. Perceber que Deus o presenteou. Ver que, até mesmo, para sua nação, é um presente de Deus! Olha a perfeição de Deus: Ele lhe presenteou por você nascer em um país que ama Jesus e ama a oração. O povo desta nação tem suas dificuldades, mas tem sua devoção. Então, precisamos agradecer a Jesus por tudo. Cada um tem que ser feliz pela missão que Deus lhe concede, pelo caminho que Deus lhe mostra para seguir. Hoje, a nossa vida é uma vida de Misericórdia. O que estamos fazendo, o que estamos construindo, aqui na Terra, passa, mas o que é bom permanece. É bom tudo aquilo que você faz de coração. Isso não passa, porque são as boas obras que vão levá-lo ao caminho do Reino de Deus. Assim, pare um instante em sua vida e pense: a caminhada, na Terra, é passageira! Dessa forma, passará a ter outra sabedoria de vida, aquela que o leva a não viver só para o mundo. Deus vai lhe dar inteligência. Deus vai lhe dar trabalho, a possibilidade de obter o fruto de seu trabalho e de colher o fruto. Isso porque se você plantou a semente, ela vai germinar, vai crescer e vai ser o alimento para a sua família. Se você é um homem justo, Deus lhe proporcionará maravilhas. Eu digo a vocês sempre: “O Senhor fez em mim, e faz em mim, maravilhas, porque Deus realizou em mim as suas obras” Assim também, se Deus fizer em você a obra dEle, será feliz. Então, comece valorizando aquilo que você tem. Valorize o dom que você tem. Comece a se engrandecer, diante da grandeza que Deus lhe deu, que é a sua vida. Assim, passará a viver muito mais feliz. Terá condições de se tornar um homem sábio. Terá a sabedoria da paciência. Hoje, nós temos que ter paciência para ser mãe, ser pai, ser missionário, ser sacerdote. Sem que você tenha um pouco de paciência com o próximo, não conseguirá superar o sofrimento, que é muito, filhos! Há muita necessidade! Muitas vezes, vejo o quanto os filhos vêm de tão longe para pedir socorro a esta Mãe, que está tão perto e os ama tanto – porque Eu amo vocês! Vejo que o filho vem, porque quer Misericórdia, precisa de Misericórdia. Mas é necessário, muitas vezes, entender que, para alcançar a Misericórdia, deve ter paciência. As coisas não acontecem na hora que pensa, mas na hora que Deus quer. Em verdade, o mundo já está cheio de Misericórdia. Nós não precisamos pensar que essa Misericórdia vai ser por um tempo que estar por vir. Não. O tempo é agora. Nós já estamos nele. Temos que aprender a conviver com a Misericórdia. Saber que a Misericórdia é a presença do Pai, do Filho e do Espírito Santo em nós. Então, não devemos ficar só falando de Misericórdia, mas, precisamos saber que Deus é Misericórdia, Jesus é Misericórdia, o Espírito Santo é Misericórdia. Assim também, quando somos obedientes a Deus, somos Misericordiosos. Mas, se você, por exemplo, vive uma vida errada, no sofrimento, desejando e fazendo o mau, caindo nas ciladas do demônio, você está sem Misericórdia. O Céu tem Misericórdia com você para tirá-lo deste mundo, mas você também tem que ter Misericórdia consigo mesmo. E o que Deus traz para o mundo hoje? Por que Eu estou, aqui, presente de corpo e alma com vocês? É porque Deus quer tirar o mundo da podridão que se encontra. E quem está na podridão? É o homem, o filho de Deus! São as famílias, que estão se acabando! Não há mais fé! As pessoas, muitas vezes, têm uma fé construída na areia. Elas têm uma fé de momento. Não têm a fé construída na Eucaristia diária, na oração constante, na perseverança, na obediência. A Santa Eucaristia é importante. Muitas vezes, você diz: “tenho que receber Jesus todos os dias.” Sim. Mas, é preciso mais, é preciso viver com Jesus sempre. Não adianta recebê-lo na Eucaristia e, mesmo assim, não preservar a linda presença de Jesus na sua vida. A comunhão diária significa você viver com Jesus a todo o momento: hoje, amanhã e sempre! No amanhecer, no anoitecer, no entardecer! Você deve ter Jesus na sua vida e seus atos precisam corresponder à presença dEle na sua vida. Isso porque se você ora somente com palavras e vai à Eucaristia só com os pés, não adianta você dizer que recebe a Eucaristia diária. A nossa vida tem que estar, hoje, e sempre, nas mãos de Deus. E os nossos atos têm que corresponder a essa presença de Deus na nossa vida. Então, se Deus me proporciona a felicidade de crer, de ter fé, devemos saber que isso é um dom grandioso, o dom maior, porque vem do alto! O mundo, leva o homem a não ter fé, a ser descrente. Tudo destrói o homem! Muitas vezes, você está perto de alcançar algo, e desiste, pensando que não vai conseguir. Isso acontece porque o inimigo está sempre querendo derrubá-lo. Mas, Deus está sempre lhe dando capacidade para seguir, para se movimentar, para caminhar e para vencer. Por isso, com grande carinho, Eu quero abençoar todos os filhos. Neste momento Nossa Senhora abençoa a todos os presentes enquanto cantam: dai-nos a bênção... Queridos filhos! Eu abençoei, carinhosamente, todos os filhos. Fiquei feliz com este momento de oração. Jesus trouxe para nós uma catequese de vida. Ele nos mostra o que é a Misericórdia, revelando-nos porque temos que ter sabedoria, paciência, amor. Ele nos ensina a caminhar na Justiça e a querer, sempre, a Justiça. Isso é algo que precisa estar em nós. Precisamos ter o desejo verdadeiro de ser bom, porque Deus nos ama, Deus é Pai e Deus é o bom! Assim, vamos nos colocar, sempre, diante desse catecismo, para renovar a nossa confiança e a nossa fé. Para confirmar a nossa fé e pedir ao Espírito Santo que venha, sempre, iluminar-nos. Dessa forma, saberemos que o batismo, que recebemos, é a luz do Espírito Santo em nós. Essa bênção, de hoje, foi dada também aos meus filhos que estão completando os seus anos de vida: o Almir, o João Paulo e o Daniel. A todos vocês aniversariantes, desejo que Jesus lhes dê muita luz e sabedoria. E para as famílias que estão se unindo em união matrimonial, desejo que Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo as protejam, guardem-nas e as iluminem em seus corações. E àquele que me ofertou essas flores tão lindas e belas, Eu lhe dou o meu coração. 
 O Céu me chama e eis aqui a Serva do Senhor!


Fonte: 



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

OBRIGADA PELA VISITA. VOLTE SEMPRE!

OBRIGADA PELA VISITA. VOLTE SEMPRE!