FLAGCOUNTER DE ALÔ VIDEOSFERA - LINK IN

LITURGIA DIÁRIA - COMECE O DIA FELIZ - CONGREGAÇÃO IRMÃS PAULINAS

LITURGIA DIÁRIA - COMECE O DIA FELIZ -  CONGREGAÇÃO IRMÃS PAULINAS
CLIQUE NA IMAGEM PARA ACESSAR A LITURGIA

21 de ago de 2017

VINDE A MIM VÓS TODOS QUE ESTAIS CANSADOS E OPRIMIDOS E EU VOS ALIVIAREI - MATEUS 11, 28-30



LEITURA ORANTE DA PALAVRA - CITAÇÃO BÍBLICA JO 2, 1-12 - AS BODAS DE CANÁ



Preparação

O texto bíblico que escolhi para fazer a leitura orante, é o Evangelho de João, capítulo 2, versículo 1 até o versículo 12.
O primeiro Sinal – Jesus muda a água em vinho. Vida nova para os homens

Espírito Santo, ilumine esta leitura orante, a minha mente e o meu coração, para que eu possa compreender bem a Palavra de Deus e o que Ele deseja me falar.

Primeiro passo: Leitura: O que o texto diz?
O texto diz que houve uma festa de casamento em Caná da Galiléia; a mãe de Jesus estava ali  e Jesus também tinha sido convidado para esta festa de casamento junto com os seus discípulos.
Faltou vinho e a mãe de Jesus lhe disse que eles não tinham mais vinho. Jesus perguntou-lhe que havia entre eles e disse que a sua hora ainda não havia chegado. Ela disse aos que estavam servindo, “façam o que Ele mandar”. Havia lá seis potes de pedra de uns cem litros cada um, que serviam para os ritos de purificação dos judeus. Jesus disse aos que serviam que enchessem os potes até a boca. Depois ele disse para    tirarem e levarem ao mestre-sala. Então eles levaram. Este  provou a água transformada em vinho sem saber de onde vinha. Os que serviam estavam sabendo, pois foram eles que tiraram a água. Então o mestre sala chamou o noivo e disse que todos servem primeiro o vinho bom e quando os convidados estão bêbados, servem o pior. Ele porém havia guardado o vinho bom até aquela hora.
Foi assim em Caná da Galiléia que Jesus começou seus sinais. Ele manifestou a sua glória  e seus discípulos acreditaram nele. Depois disso Jesus desceu para cafarnaum com sua mãe, seus irmãos e seus discípulos. E lá ficaram apenas alguns dias.
Refrão:  Hoje eu canto alegre o mesmo canto seu
               “O Senhor fez em mim maravilhas” (3x), Santo é o Senhor!
Segundo passo: Meditação:  O que este texto diz para mim?
Neste texto o que mais chamou a minha atenção foi a atuação da mãe de Jesus naquela festa de casamento – intercessora, solidária, fraterna e decidida; a resposta de Jesus pareceu-me questionadora, parecendo que Maria havia se adiantado em alguma coisa. Mas para Maria, aquele era o momento certo para uma intervenção de Jesus e disse : “Façam o que Ele mandar”. Jesus disse : “a minha  hora não chegou...” Sim, porque  a sua hora chegaria com a sua morte e ressurreição, mas mesmo assim, atendeu ao pedido de sua mãe e transformou a água em vinho que traria alegria à festa: Ele transformou a água num bom vinho! Fico imaginando o olhar surpreso dos convidados da festa, dos discípulos, de todos os presentes! Mais tarde, na hora certa, na Santa Ceia,  o vinho seria transformado em seu próprio sangue, e seria Alimento de Vida Nova para todos!
O vinho era considerado uma benção de Deus, a sua aliança com os homens; faltar vinho numa festa de casamento, era muito constrangedor!
 Maria tratou de resgatar para os noivos a dignidade da festa, assim como resgata para nós a dignidade da vida, através de seu Filho, o Cordeiro de Deus!
O que o texto diz para mim, é  que sempre poderei contar  com a graça do  Pai, com a intercessão da Mãe Maria  em todos momentos da vida!
Refrão:  Hoje eu canto alegre o mesmo canto seu
               “O Senhor fez em mim maravilhas” (3x), Santo é o Senhor!
3º passo: Contemplação: O que a Palavra me leva a experimentar?
A Palavra me leva experimentar uma grande alegria, como aquelas pessoas que estavam ali naquela festa de casamento. Eles tiveram a graça de presenciar um grande sinal do Senhor – a sua glória,  e testemunhar esta ação . Fico pensando a surpresa daqueles que trouxeram a água ao vê-la transformada em vinho e na Mãe de Jesus, silenciosa, prestando atenção em tudo! Eles puderam presenciar uma ação  acolhedora e solidária,  daquela que seria também futuramente,  nomeada como nossa Mãe, por Jesus!
Refrão: :  Hoje eu canto alegre o mesmo canto seu
               “O Senhor fez em mim maravilhas” (3x), Santo é o Senhor
4º passo: Oração – O que a Palavra me leva a falar com Deus?
Senhor Deus, Obrigada pela presença de Tua mãe Santíssima em minha vida! Obrigada por sua intercessão, acolhimento  e solidariedade na vida de meus familiares e amigos.
Transforma Senhor, minha vida, para que eu possa levar a Tua Palavra nos meios de comunicação e onde quer que eu esteja, que eu possa  levar o Teu amor a todos que se sintam necessitados, perdidos  e ainda não reconhecem a Tua Divindade!
Refrão: :  Hoje eu canto alegre o mesmo canto seu
               “O Senhor fez em mim maravilhas” (3x), Santo é o Senhor
Música:– Maria nas Bodas de Caná – Agnus Dei
 5º passo: O que a Palavra me leva a viver?
Assim como Maria, acolhedora , solidária e fraterna, eu me coloco a caminho para que possa servir ao Senhor e que eu “ faça tudo o que Ele me disser”.
Refrão:  Hoje eu canto alegre o mesmo canto seu
               “O Senhor fez em mim maravilhas” (3x), Santo é o Senhor!
Música:
Maria nas Bodas de Caná ( Agnus Dei)
“Quando faltou vinho naquela festa,
Maria tu percebeste, em todos havia aflição.
Olhaste para Teu Filho e pediste a ele

E Jesus atendeu, a graça aconteceu!

Resultado de imagem para BODAS DE CANA

FONTE

CURSO EAD VISÃO GLOBAL DA BÍBLIA
IRMÃS PAULINAS - 
05/08/2017 - Márcia MSA









LITURGIA DIÁRIA COMENTADA - INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS - 21/08/2017 - 20ª SEMANA COMUM - ANO A

Três degraus para atingirmos a perfeição-Helena Serpa

                                              Resultado de imagem para VC É DESAPEGADO DOS BENS TERRENOS?


1ª  LEITURA
Juízes 2,11-19 –  “Deus nos corrige e nos ampara. " 

"Hoje também a nossa caminhada de povo de Deus tem as mesmas características do que foi a caminhada do povo, ontem!  O homem abandona a Deus, peca, sofre as consequências, depois clama ao Senhor e Ele volta a ampará-lo. Quando abandonamos o Senhor para seguir os nossos ídolos, (criados por nós), acontece também que somos desamparados e entregues “nas mãos dos piratas”. Tudo vem como consequência. Deus usa a mesma metodologia para que soframos aflições e voltemos para Ele. Ao mesmo tempo em que somos atribulados para a nossa correção, somos também amparados e defendidos para que não fraquejemos. O amor de Deus por nós, Seu povo é maior do que qualquer sentimento de vingança, por isso, Ele está sempre mandando alguém para nos ajudar na hora da nossa aflição mesmo que tudo ocorra em decorrência do nosso pecado. Deus nos corrige e nos ampara.  O saqueador é o inimigo de Deus que se aproveita da nossa fraqueza e nos atinge. - Como você está se sentindo atualmente: nas mãos de Deus ou dos saqueadores? - O que você mais implora a Deus: para terou para ser? Você percebe qual é a diferença entre uma e outra coisa?


SALMO 105
“Lembrai-vos de nós, ó Senhor, segundo o amor para com vosso povo!”

Hoje também são muitas as armadilhas que estão prontas para nos apanhar. Mesmo quando nos consideramos povo de Deus, nós também nos misturamos com os pagãos e aprendemos seus costumes depravados. Mas o Senhor também tem piedade da nossa fraqueza e ouve o nosso grito na hora da aflição quando caímos. Nós sabemos que Ele é cheio de amor e por isso, devemos que Ele nos acolha, segundo o Seu amor.

EVANGELHO

 Mateus 19,16-22 – “três degraus para atingirmos a perfeição”

Dentro de cada um de nós há um profundo desejo de eternidade e de crescimento que só pode ser saciado quando nos despojamos de tudo o que nos amarra, nos prende e nos escraviza. Por isso, Jesus neste Evangelho nos apresenta três degraus crescentes para que possamos perseguir esse desejo e atingir a perfeição. Cumprir com os mandamentos, eles nos foram dados para que tivéssemos aqui uma vida feliz.  Despojarmo-nos dos bens para dá-los aos pobres desapegando-nos de tudo o que nos prende aqui na terra, em favor de alguém.  E, finalmente segui-Lo, aderindo ao Seu projeto de salvação.  Assim, é que caminhamos para a santidade. É um itinerário natural! Todas as nossas ações devem ter um motivo e uma razão de ser, em Jesus. Crer Nele e seguir a Sua Lei são o passaporte que nos levará a uma vida plena na casa do Pai. Quando buscamos a santidade nós nunca estamos satisfeitos com o que somos.  Assim sendo, não nos basta cumprir apenas as regras, pois, a nossa alma anseia por muito mais. Para entrar no Reino é preciso muito mais que observar leis ou regras. Fomos criados (as) conforme a imagem e semelhança de Deus que é perfeito e perseguimos o estado da perfeição. Jesus é afirmativo e nos avisa: não chegaremos ao céu pelo que fizermos de bom, porque só Deus é Bom.  Só Deus é bom, porém o homem persegue essa semelhança que está impressa no seu coração. A vida eterna começa aqui e atingir a perfeição do céu significa estar em perene comunhão completa com Deus Pai, Filho e Espírito Santo.
- O que falta você fazer para alcançar a vida eterna? Pense, reflita. Pergunte ao Senhor o que você terá que fazer ainda? – Você é uma pessoa apegada ao que possui? – Você também fica triste com esta palavra de Jesus? – O que mais lhe prende aqui na terra? – Para você o que significa a vida eterna?"
                       Resultado de imagem para VC É DESAPEGADO DOS BENS TERRENOS?  DESAPEGA...

FONTE:

LITURGIA DIÁRIA COMENTADA - INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS:
https://liturgiadiariacomentada2.blogspot.com.br/2017/08/tres-degraus-para-atingirmos-perfeicao.html

19 de ago de 2017

SOLENIDADE DA ASSUNÇÃO DE NOSSA SENHORA - LEITURA ORANTE LC 1,39-56 – 20º DOMINGO DO TEMPO COMUM - VISITA DE MARIA A ISABEL - ANO A

                      Resultado de imagem para visita de maria a su prima isabel

Preparação

O texto bíblico de hoje, da qual vamos realizar a leitura orante, é a da Visita de Maria à sua prima Isabel, e o Hino que Maria cantou: o Magnificat. Está no Evangelho de Lucas, capítulo 1, versículo 39 até o versículo 56.

Primeira Passo - Leitura: O que o texto diz?

O texto fala sobre a visita de Maria à sua prima Isabel. Maria foi com pressa à uma cidade da Judéia, entrou na casa de Zacarias, e saudou sua prima Isabel. Ela estava grávida de João Batista, e quando ela ouviu a saudação de Maria, a criança se mexeu no seu ventre, e esta ficou cheia do Espírito Santo. Então, Isabel falou em alta voz à Maria: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre. Quem sou eu, para que a mãe do meu Senhor venha me visitar? Quando a tua saudação chegou aos meus ouvidos, a criança pulou de alegria no meu ventre. Feliz és tu Maria, porque acreditaste”.
Maria ficou tão contente, que exclamou: “A minha alma engrandece o Senhor, e o meu espírito exulta em Deus meu Salvador, porque olhou para a humilhação da sua serva. Todas as gerações me chamarão bem-aventurada. O Todo-poderoso fez grandes coisas em mim. Santo é o seu nome. Sua misericórdia passa de geração em geração para aqueles que o temem. Agiu com braço forte, dispersou os homens de coração orgulhoso. Depôs do trono os poderosos e exaltou os humildes. Alimentou os que tinham fome e despediu os ricos de mãos vazias. Socorreu Israel, lembrado de sua misericórdia, como havia prometido aos nossos pais, em favor de Abraão e de sua descendência, para sempre!”.
Maria serviu a Isabel durante três meses, e depois voltou para sua casa.

Refrão: O Senhor fez em mim maravilhas, Santo é o seu nome (2x)

7 de ago de 2017

LEITURA ORANTE DA PALAVRA - EVANGELHO SEGUNDO MT, 14,13-21 - A MULTIPLICAÇÃO DOS PAES

Preparação:

O Evangelho desta segunda feira  é uma das mais belas passagens da vida de Jesus - Primeira  multiplicação dos pães - Citação bíblica: Mt 14,13-21
Após  a morte de João Batista, os apóstolos foram anunciar o ocorrido a Jesus.

Com o coração contrito, vamos pedir ao Divino Espírito Santo, muita luz e a graça de compreender bem esta Palavra:
Espírito Santo, ilumine esta leitura orante, a minha mente e o meu coração, para que eu possa compreender bem a Palavra de Deus e o que Ele deseja falar ao meu coração.

1º passo: Leitura : O que o texto diz?
O texto diz que Jesus ouvindo o que os discípulos anunciaram sobre a morte de João Batista, partiu dali, de barco, para um lugar deserto, afastado. Assim que as multidões o souberam, vieram das cidades, seguindo-o a pé. Assim que desembarcou, viu uma multidão e tomado de compaixão, curou seus doentes. Chegada a tarde, aproximaram-se dele seus discípulos dizendo que o lugar  era deserto e a hora já estava avançada e que despedisse as multidões para que fossem aos povoados comprar alimento para eles. Mas Jesus lhes disse que não era preciso que fossem embora e que eles lhes dessem eles mesmos de comer. Os discípulos disseram que só tinham 5 pães e dois peixes. Jesus disse-lhes para trazê-los ali. Ele mandou que as multidões se acomodassem na grama, tomou os 5 pães e os 2 peixes , elevou os olhos ao céu e pronunciou a benção. Em seguida deu-os aos discípulos e estes às multidões.
Todos comeram e ficaram saciados e ainda recolheram doze cestos cheios dos pedaços que sobraram.
Eram cerca de 5 mil homens, sem contar mulheres e crianças.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

OBRIGADA PELA VISITA. VOLTE SEMPRE!

OBRIGADA PELA VISITA. VOLTE SEMPRE!