FLAGCOUNTER DE ALÔ VIDEOSFERA - LINK IN

LITURGIA DIÁRIA COM O PADRE RÓGER ARAÚJO - 2017 - ANO A - REPÓRTER CATÓLICO - VALDIVINO FILHO

LITURGIA DIÁRIA COM O PADRE RÓGER ARAÚJO - 2017   - ANO A - REPÓRTER CATÓLICO - VALDIVINO FILHO
CLIQUE NA IMAGEM PARA ACESSAR A LITURGIA

domingo

Mensagem de Nossa Senhora no Domingo de Páscoa - 31/03/2013 - Mensagem em texto

                VALE DA IMACULADA CONCEIÇÃO
                                         
Queridos filhos!
Estamos em festa! Vivenciamos, de uma forma tão linda, a espiritualidade e a presença do Divino Espírito Santo em nós.
Hoje, é Domingo da Ressurreição; e nós dizemos com alegria: “Precisamos ressuscitar para Jesus”. E, por ser hoje, o Domingo da Ressurreição, eu, Maria, quero lhes ensinar como alcançar esta ressurreição.
Durante todo o Retiro Espiritual, nós tivemos meditações lindas; desde o primeiro dia. Jesus nos falou da Última Ceia, da Santa Eucaristia, dos instrumentos escolhidos - Apóstolos e discípulos - que se tornaram verdadeiros alicerces de evangelização, para evangelizar o mundo.
Hoje, buscamos a cura, a libertação, o exorcismo – que é algo muito sério. Às vezes é muito fácil falar, e o difícil é querer realmente uma vida nova.
Depois, nós caímos nos braços de Jesus Misericordioso; e vocês já estão buscando na Novena da Divina Misericórdia, as indulgências para a vida de vocês e para as famílias.
Jesus falou da vigília, da preparação, e a capela está cheia de alegria e de amor. Vocês fizeram uma homenagem a Jesus Ressuscitado com essa peregrinação. Estão presentes aqui, os filhos escolhidos por Deus, que vivenciaram este Retiro Espiritual, e hoje, é o Domingo de Páscoa.
Mas, neste Domingo de Páscoa, da Ressurreição, nós vamos fazer uma meditação bem diferente. Nós vamos meditar como alcançar a ressurreição. E por que Jesus nos faz esta meditação?
Porque é o Ano da Fé, da Boa Vontade, e o Ano dos Jovens também. Não adianta encerrar este retiro espiritual filhos, se dentro do seu coração ainda há lágrimas e você não se preparou para ressuscitar-se diante da Ressurreição – que é o Cordeiro de Deus no meio de nós.
Então, eu quero fazer com vocês uma reflexão bem serena, de mãe falando para os filhos, principalmente para os jovens: Deus fez um mundo muito bonito, e se olharmos a doçura de Jesus Ressuscitado, vamos nos encantar com a beleza que Deus fez! Ele fez um mundo perfeito: vales, rios, mares, cada nação com sua cultura, língua, raça e cor. Então, o plano de Deus é perfeito; como diz aquela linda canção: “Deus é perfeito”. Se olharmos o Cordeiro de Deus – Jesus Ressuscitado – também vamos nos maravilhar com beleza do amor de Deus por nós!
Mas, a vida não é tão bonita como precisaria ser. Infelizmente o homem está muito doente, principalmente os jovens; mas nem todos. Sempre há um jovem que se arrasta para as armadilhas do demônio, um jovem que ainda não sabe viver a realidade que é o mundo. Porque você tem que fazer escolhas! Você pode andar por todos os caminhos, mas, você nunca pode desviar-se do Caminho de Jesus. O jovem tem todo direito de ser feliz, mas escolha uma felicidade longe do erro e do pecado.
Muitas vezes, até você romeiro que está aqui – peregrino – entra numa peregrinação, houve o Céu, participa de momentos grandiosos, mas ainda precisa de uma graça. Às vezes falamos da fé, falamos dos jovens, mas, nos esquecemos que no Ano da Fé, no ano dedicado aos jovens, tem uma palavra que chama boa vontade; você tem que ter boa vontade! Se não tiver boa vontade não irá viver um Domingo de Páscoa, não irá celebrar a Páscoa, não irá se encontrar com Jesus.
O mundo precisa de boa vontade!
Uma das virtudes da boa vontade é nos tornar capazes de vencer o pecado. Se você não procurar a Eucaristia e a oração com fervor, você não vai conseguir enfrentar o mundo, as armadilhas que nele está presente. Você tem que estar bem preparado! Pense num soldado, para vencer a guerra, ele tem que se preparar. Vocês para vencer o demônio tem que ter oração; porque só com a oração vocês serão capazes de fazer aquilo que Jesus vos pediu: “Vencer! Vencer o pecado!”, sem a oração ninguém consegue.
Então, a grande riqueza da Páscoa, deste Domingo de graça é ser feliz, é Jesus Glorioso esperando por nós, é a nossa boa vontade. Temos que querer e dizer: ‘eu quero!’.
Em uma mensagem, eu disse para vocês: “Filhos, se dependesse só da Mãe do Céu, todos vocês já estariam no Triunfo!”. Porque eu quero um mundo de paz para vocês. Mas depende de vocês também. Deus quer a sua parte e seu sim; Deus quer a sua boa vontade. Então, você tem que querer! Se olharmos na missão de Jesus, Ele viveu a bênção do Pai e do Espírito Santo, mas Ele também viveu e sofreu as consequências que os pecados de vocês fizeram com Ele. Jesus viveu isso para te dar força e salvação.
Quando nós fazemos parte de uma comunidade, a palavra unidade soa diferente aos nossos ouvidos. Quem vive em comunidade é quem quer ser um filho de boa vontade, é quem quer vencer o demônio e quer ser santo; é quem, não quer viver a vida, só passando os dias e as noites vivendo as fantasias e as ilusões do mundo. A única certeza que temos na vida é que Deus é o nosso Pai, Salvador e Santificador. A nossa vida tem brilho quando vivemos na presença da Santíssima Trindade.
Eu quero pedir para vocês – principalmente aos filhos que estão aqui presentes – que se convertam meus filhos! Pois, não adianta a Páscoa se você não procurou a conversão. Você tem uma missão linda a servir aqui na terra. Deus te fez um filho bem aventurado, mas, Ele, precisa da sua conversão, porque não podemos entrar no Céu com os pés no sofrimento.
Agora, o que causa o sofrimento? A desobediência e o desrespeito a Deus; isso é sofrimento. Às vezes o homem pensa: ‘Sofrimento é uma pessoa diante de uma doença incurável’. Mas, na carne não! Se ela tem Deus, terá força. Sofrimento é daquele que está com a alma em pecado, é daquele que não tem condição de ver o amor e abraçá-lo. Quando você diz: “Seja bem vindo filho de Deus”, isto é o amor.Sofrimento é para aquele que olha para o mundo e esquece que nele tem os desafios e as batalhas. Quem tem Deus e conhece a sua grandiosidade, vive com prudência.
Jesus deixou dois pilares de sustentação para a nossa fé, que é pouco divulgado no mundo: vigiar e orar. “Vigiai e orai!” Ele sabia que este tempo de hoje, seria um tempo de dor. Por isso, Ele diz: “Vigiai e orai!”.
Muitas vezes, o jovem, o pai, a mãe, a criança, não está indo pelo caminho da vida, e sim pelo caminho da morte e da escuridão. A morte não é quando você encerra sua passagem na terra, e sim quando você esquece que é filho de Deus. Precisamos ver a presença de Jesus Ressuscitado, porque o mundo precisa acordar.
Quando Deus me enviou aqui filhos, para que as crianças que brincavam despertassem-se ao Céu, Ele fez tocar os sinos. Hoje, em cada mensagem Jesus toca os sinos de alerta, e pede ao homem que seja capaz, corajoso e forte; porque a batalha de vocês é muito grande e não é fácil. É árdua!
Jesus é a Páscoa, é o Doce, Sagrado e Santo Coração, Ele quer que vocês tenham uma felicidade nesta páscoa: a conversão. Ele quer que vocês saiam daqui refletindo sobre isso, e no quanto você precisa se despertar diante deste tocar do sino, que é Deus chamando por você; pedindo seu sim, e a sua transformação.
Com grande alegria, eu quero abençoar vocês.
Neste momento Nossa Senhora abençoa a todos, enquanto cantam: “Dai-nos a bênção...”
Queridos filhos!
Eu abençoei carinhosamente a todos os filhos, a toda fraternidade. Jesus nos faz fraternidade. Ele que é a Ressurreição, a Páscoa, a doçura, a ternura, a suavidade da libertação.
Teremos uma semana de busca da misericórdia.
Nesta mensagem de hoje, Jesus pediu a sua conversão. Ele fala da necessidade da sua boa vontade, principalmente dos jovens. Vencer? é preciso! Mas, vencer com a oração.
Nessa bênção de hoje, - que derramei sobre vocês – eu pedi a Jesus Misericordioso que derramasse muita unção; para vivência da Páscoa e preparação para a Festa da Misericórdia.
Eu quero parabenizar a minha filha Adriana e minha filha Sara. Quero parabenizar também, os filhos que estão aqui presentes, vivenciando este Domingo da Ressurreição com Cristo, que está Ressuscitado no meio de nós.
Permaneçam todos sobre a bênção do Pai, Filho e Divino Espírito Santo.
A quem me ofertou estas flores tão belas e lindas, eu quero oferecer o meu Coração.
O Céu me chama, e eis aqui a Serva de Deus!


Créditos:


Website: Aparições Nossa Senhora de Piedade
Porta Voz das Mensagens de Nossa Senhora: Marilda Santana
http://www.valedaimaculadaconceicao.com.br/mensagens/mensagens-escritas/2013/186-marco/538-mensagem-de-31-de-marco-de-2013.

MARCADORES - INDICE DOS ARQUIVOS



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

OBRIGADA PELA VISITA. VOLTE SEMPRE!

OBRIGADA PELA VISITA. VOLTE SEMPRE!