FLAGCOUNTER DE ALÔ VIDEOSFERA - LINK IN

LITURGIA DIÁRIA COM O PADRE RÓGER ARAÚJO - 2017 - ANO A - REPÓRTER CATÓLICO - VALDIVINO FILHO

LITURGIA DIÁRIA COM O PADRE RÓGER ARAÚJO - 2017   - ANO A - REPÓRTER CATÓLICO - VALDIVINO FILHO
CLIQUE NA IMAGEM PARA ACESSAR A LITURGIA

sexta-feira

Mensagem de Nossa Senhora do dia 17 de Fevereiro de 2015 - Encerramento de Carnaval


Queridos filhos!
Como é grande a nossa alegria em poder estar na presença de Deus, para louvar, glorificar e agradecer a Santíssima Trindade por toda essa riqueza espiritual, que Deus nos concede a cada momento de nossa vida!
Ele sempre vem nos fortalecer espiritualmente. E, hoje, nós nos encontramos fortalecidos na graça, na bondade, no amor e na mansidão Divina.
Sabemos que, mesmo diante das graças, das bênçãos, nunca podemos deixar de orar. Orar e vigiar! Porque as tentações do inimigo estão em todas as partes. Especialmente onde há oração, o amor, e a fé. São testemunhos vivos e verdadeiros dos corações dos filhos de Deus.
Jesus disse: “Orai e vigiai, porque o inimigo não quer zombar daquele que já está perdido, mas sim daquele que está orando e fazendo da sua vida um alicerce de fortaleza e de oração.”.
Por que eu vos falo isso, filhos? Porque na vida vocês precisam de muita união!
O homem preparado é aquele que não quer estar à frente das coisas, mas sim aquele que coloca Deus na frente de tudo, este é o homem preparado! Não é aquele que diz: “Senhor! Senhor”, mas sim aquele que faz a vontade do Senhor.
Eu louvo a Deus pelo retiro espiritual! Por este Vale orante! Pelos jovens, pela beleza da oração das crianças, pelas famílias, pelos missionários, religiosos e religiosas. Eu louvo e glorifico a Santíssima Trindade! Mas também peço a Santíssima Trindade que faça com que todos vocês coloquem Deus em primeiro lugar! Que nunca você queira ser o primeiro! Que nunca você queira estar à frente! Mas que Jesus esteja contigo em primeiro lugar, e à frente de seus atos, de suas ações, porque o mundo precisa de conversão! Todos precisam de conversão!
Eu tenho certeza, filhos, que, por vários momentos deste retiro espiritual, o demônio perseguiu vocês! Com pensamentos, ataques, ciúmes e inveja. Eu tenho certeza, porque eu sei o quanto o demônio é traiçoeiro. Mas a confiança que todos precisam ter em Deus, deve ser maior que todas as migalhas, todas as perseguições, todos os ataques.
Por isto, eu quero lhes falar que, depois de um lindo retiro espiritual, se inicia um tempo de oração! Tempo de vigília, que é o tempo da Quaresma! Deus não faz nada por acaso! Nós temos agora que começar a refletir mais sobre a nossa vida, sobre o nosso testemunho de vida. Eu sei que muito precisa mudar. Mas eu vejo que o testemunho foi dado, através de exemplos de vida durante este retiro.
O que mais me encantou entre todos eles, foi a oração das crianças, foi a alegria de elas sentirem e saberem que este ano é dedicado a elas. Este apostolado é gigante, porque a oração desses pequenos vence e nos ensina a vencer!
Então, coragem aos pais para conduzir seus filhos durante este ano da paz dedicado a elas, força, oração e silêncio.
O demônio age em meio ao barulho, e não é só o barulho das palavras. Muitas vezes, achamos que o louvor é barulho, não! O louvor é uma obra viva em agradecimento a Deus por tudo que Deus nos concede.
O barulho é aquilo que nos perturba a mente, os pensamentos, os olhos e os ouvidos, isto é barulho! É desse barulho que devemos fugir! É desse barulho que nós não podemos permitir que invada a nossa vida.
O silêncio é a grande prova de amor! O silêncio é a grande essência de amor! E é isto que realmente nós aprendemos nesse retiro: a ter silêncio!
Vamos começar a fazer uma caminhada pelo nosso retiro, desde o primeiro momento em que você aqui chegou, até este momento em que você está recebendo do Céu a bênção para voltar para a sua comunidade, para o seu lar.
Começa um tempo de oração pela paz, pela conversão do povo brasileiro. Por tantos países que perseguem aos cristãos, que matam de uma forma cruel aqueles que dizem crer em Jesus. Então, nós precisamos caminhar e sentir que nós passaremos! Como também passaram também os escolhidos de Jesus, para que estivesse com Ele, quando Ele caminhou entre nós!
Quantas vezes que, ao chegar a esse pequeno santuário, você se depara com uma frustração enorme?!Lá no coração, você sabe que você está no melhor lugar que Deus escolheu entre tantos lugares da Terra para fazer uma comunidade, para renascer a esperança de um mundo melhor! Mas vem aquela frustração, por causa da forma como Deus nos ensina a viver aqui: na entrega, na doação, vencendo os nossos caprichos, as nossas vaidades. Estamos sempre habituados a querer achar que nós podemos ter tudo. Neste momento, vocês têm tudo materialmente e, ao mesmo tempo, não têm nada, porque falta a espiritualidade.
De repente, vocês caem nos braços do Céu, por intermédio da Mãe. E a Mãe vem e lhes mostra que esta Mãe também caminhou entre vocês, para dar a luz ao Menino Jesus. E a minha alegria era ver Jesus na manjedoura, era ver Jesus na simplicidade. Ele é Deus! Deus é vitória!
E o retiro foi passando, vocês foram amadurecendo diante de uma comunidade, na qual todos comem do mesmo pão e abraçam a mesma causa; mesmo com este mundo atribulado, com tanto sofrimento espiritual, material e temporal. E você começa a ver que nós podemos fazer um mundo melhor; basta acreditarmos! Nós podemos fazer deste mundo, um mundo de partilha e um mundo de entrega, através do exemplo da multiplicação dos pães. Jesus, – quando olhou aquela multidão faminta – tomou o pão e os peixes, e deu de comer e de beber a todos. Então, nós participamos desta graça neste retiro, nós vimos a Providência de Deus! Que vem de cada coração, que vem de cada romeiro.
Mas nós também vimos a aflição! Porque na batalha o demônio nos persegue, o demônio nos atormenta. De repente, você está louvando, e vem a perseguição do mal. Você está diante de Jesus na Eucaristia e vem a perseguição, mas Jesus é o Senhor! E Ele te diz: “Olha o meu soldado, não tem medo de perseguição, porque ele vence a perseguição! Ele vence a perseguição!”.
E o retiro de vocês foi fluindo, foi crescendo, vocês chegaram no dia do Senhor. O Vale ficou cheio de rosas! Uma confraternização ainda maior! E vocês aprenderam que, realmente, o amor e a paz precisam ser vivenciados. Que nós temos que querer realmente Deus em nossas vidas, em nossas famílias. Que não basta apenas querer aparência, tem que ter essência!
E, Jesus começa a mostrar para vocês que esse Vale, mesmo diante de homens, mulheres pecadoras, tem essência, tem oração diária do Santo Rosário, tem a devoção belíssima, a Misericórdia todos os dias, tem oração da Vigília, a oração do Jejum; e vocês aprenderam que até as crianças daqui nos ensina a orar. Isto, filhos, é vida e obra!
Às vezes, num retiro espiritual, você vê tudo, menos obra. E Deus nos mostra aqui uma obra do Espírito Santo em terra Brasileira, que é um país escolhido pelo Céu, para ser uma porta de luz para o mundo na vivência da fraternidade e da oração. Então, muito aprendemos, mas muito precisamos aprender! Tanto a Comunidade Fraterna, que aqui vive, como os peregrinos que aqui vem.
Nós precisamos ser mais humildes, não querendo ser o grande líder! Não querer estar à frente! Não querer ser o maior e nem o pior. Precisamos de Jesus à frente! E nós seguindo seus passos! Precisamos de Jesus como grande mestre, líder, e nós como testemunhas da vivência desse Mestre de amor e de humildade.
Que vocês saiam daqui com o desejo ainda maior de buscarem ser cada dia melhores! Lapidai pela oração os vossos corações! Alimentai com a Eucaristia – que é Jesus – a vossa alma! Escutai a Mãe que lhes ama e cuidado! Porque vocês vão começar a sofrer as perseguições agora!
Sejais humildes, mansos! Façam como Jesus, quando perguntavam: “És o Mestre!”; Jesus silenciava e suas palavras de sabedoria cultivavam e transmitiam humildade aos soberbos e orgulhosos!
Há tanta vaidade na terra! Há tanto ciúmes entre os homens! Por isso, coloquemos Jesus com a sua misericórdia, guiando-nos pela mão, e não deixem em nenhum momento que o seu orgulho leve a cegueira espiritual à sua alma.
Você sabe quem é de Deus! Porque você é o que de mais lindo Ele criou! Por isso, testemunhai com a sua fé!
Como Jesus nos ensinou, não é fácil dizer: “Eu creio nas obras do Senhor!”, mas a coisa mais linda, filhos, é viver a obra do Senhor!
Eis aqui uma obra de Deus para o mundo! E podem ter certeza que o mundo, de joelhos, glorificará a Deus por esta obra no Vale, abençoado e protegido pela Santíssima Trindade.
Levem daqui este exemplo, que uma obra se faz com ação e oração!
Com amor, alegria e sabedoria, eu quero derramar ricas bênçãos sobre os filhos que eu tanto amo.
Neste momento, Nossa Senhora abençoa a todos, enquanto cantam: “Dai-nos a bênção...”
Queridos filhos!
Eu abençoei carinhosamente a todos vocês!
Hoje, Jesus toca em nosso coração, mostra para nós que Ele é a luz! Que Ele é a obra viva do amor!
Este Vale é uma grande obra! Vocês têm a felicidade de viver um grande retiro, e saírem daqui com o propósito de serem santos, de serem sempre abençoados e de colocarem bênçãos na vida de vocês, que é a oração, que é o silêncio, que é a paz!
Que a paz de Deus esteja no meio de nós! Que o Pai, o Filho e o Espírito Santo derramem sempre sobre nós o amor!
Obrigado de coração pelo seu ‘sim’ a Jesus!
Todos nós temos que dizer: “Obrigado, Senhor, pelo nosso sim!”. Porque nós estamos aqui para fazer a vontade de Deus.
Louvado seja Deus por esta graça, pela presença linda das crianças! Pela presença linda dos jovens! Pela presença linda dos filhos religiosos e religiosas. Que vocês levem daqui a paz!
E, aos aniversariantes de hoje, eu quero que eles ofereçam seu coração a Jesus, que orem, agradeçam: “Obrigado, Senhor, pela minha vida! Obrigado, Senhor, pela minha fé! Obrigado, Senhor, pela minha luz! Senhor, tu és a minha Luz!”. Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo são a nossa Luz.
As flores que eu tenho neste jardim belíssimo se chamam filhos de Deus! Por isso, eu quero pedir a Deus, sempre, proteção e paz para todos.
O Céu me chama, eis aqui a Serva do Senhor, Maria, a Mãe de Deus.
 FONTE:

Mensagem da Mãe de Piedade no dia 21 de fevereiro de 2015


Queridos Filhos!
O silêncio da paz toma conta dos nossos corações. Porque é o ano da paz! É Tempo de silêncio, de adorar Jesus com todo o coração e a alma. Tempo de unção! Tempo de oração! O tempo da quaresma é tempo de refletir, de ter sabedoria nos atos, nas palavras e nas ações.
É muito fácil julgar, o difícil é se colocar no lugar daquele que você julga. Porque ninguém conhece o coração das pessoas, só Deus!
Você é o único capaz de olhar para dentro de seu coração e ter o conhecimento de que Deus tem algo para você! Porque Ele te ama! Ele sempre quer o melhor para você!
Jesus nos disse: “Orai e Vigiai, para não cairdes nas tentações do inimigo!”; essas palavras de Jesus são fortes, sábias, serenas e verdadeiras! “Ora e Vigiai!”.
Hoje, na mensagem, eu quero refletir com vocês sobre orar e vigiar. Deus tem nos pedido preparação, silêncio e amor verdadeiro.
Como você, filho de Deus, que hoje foi escolhido por Jesus, para viver uma missão de comunidade, de fraternidade, de oração, se deixa ser levado por tanto egoísmo, ciúme, inveja?
Quantas vezes que você esta vendo o seu irmão, fazer um trabalho tão bonito de amor ao próximo, de caridade, e você, em vez de orar para que este trabalho se torne cada vez mais lindo, cada vez mais próspero e abençoado, você tristemente começa a permitir que o inimigo zombe de você, com os ataques, com os julgamentos! Você esquece-se do silêncio da alma e do coração.
Como disse: “Feliz do homem que ama a Deus de todo coração e alma!” Feliz do homem que conhece as pegadas de Jesus Cristo na sua vida; a caridade, a fraternidade, o amor!
     Jesus, quando caminhou conosco, – Ele e ainda caminha conosco, sendo a Misericórdia – nos ensinou a ter sabedoria para que nada nos aflija! Para que nada nos perturbe! Hoje há tantas perturbações espirituais.
Vivemos um árduo sofrimento temporal, um triste sofrimento material com tantas doenças e tantos doentes. O corpo vai se debilitando e enfraquecendo. Às vezes, você está acostumado a ver alguém forte e saudável; e você começa a ver este alguém tão fraco. Mas tudo isto são mistérios de Deus na vida de todos nós!
Por isso que Jesus disse: “Vigiai e Orai!”; porque você não sabe do seu amanhã. Vivais o presente com mais oração, tenha mais sabedoria para se encontrar com Deus, principalmente através do silêncio; através do respeito e do amor a seu irmão!     Se nós escutássemos a Palavra de Deus e a vivêssemos com o amor de Jesus, o mundo seria muito melhor. Porque Jesus é o perfume da misericórdia! Ele consegue acalmar a ira, que, muitas vezes, está no seu coração e transformá-la em amor misericordioso. Você tem uma necessidade tão grande de amar e de ser amado!
Nós precisamos dar o bom exemplo! Às vezes o jovem e o adolescente, têm tanta graça à sua frente, mas eles preferem o erro. Quem vive aqui na Comunidade Fraterna, tem que preferir Jesus na sua vida! Jesus tem que vir em primeiro lugar na sua vida! Viver aqui é viver para ser de Cristo! Viver com Cristo e em comunhão com Cristo! Viver uma vida de respeito e evitar o mundo com as suas armadilhas astutas, com seus sofrimentos que hoje leva o homem, principalmente o jovem, a tanta dor! Você, um dia, pode perder toda graça que tem, se você não valorizá-la!
Quando você está no caminho de Deus, é preciso valorizar a graça – até mesmo as crianças – neste apostolado eu estou vivenciando isto com vocês, porque eu sou a Mãe que vos conduz, e eu vejo que as crianças estão tendo a alegria de dizer: eu creio! Eu creio na misericórdia! Eu creio no Céu! Eu creio que o Reino de Deus é das crianças! Eu creio num mundo melhor, em jovens melhores! Mas é muito triste quando vemos um jovem catequizado, receber o Céu, e não acreditar no que ele está recebendo e não permitir que a Luz vença as trevas. De repente, ele perde completamente a graça de viver num lugar abençoado e santo, porque não vigiou e não orou!
Jesus, hoje, nos convida a ser homens de fé, homens de vigília, homens de oração, homens que tenha amor pelo Céu, amor pelas coisas sagradas, que são as coisas de Deus! Jesus é muito justo e não te abandona! Mas, a partir do momento que você escolhe o erro, Ele te deixa seguir o caminho que você escolheu. Ele te deu o ensinamento e te mostrou o caminho, Ele bateu na sua porta a todo o momento, e você não quer abrir por orgulho, então você perde a graça!
Muitos sofrimentos espirituais que existem na Terra, chegaram porque o homem deixou que a graça passasse, ele não permitiu que a presença do Espírito Santo fosse maior; fosse verdadeiramente Luz na sua alma e no seu coração.
Hoje, estamos aqui refletindo depois de um lindo retiro espiritual, que foi feito com muito louvor, oração e muito respeito. Esse retiro alegrou os corações daqueles que o vivenciaram! Foi uma experiência única com o Céu! Uma experiência de graça, de oração, de luta pela, pelo Triunfo do Meu Imaculado Coração, e nós caímos nos braços misericordiosos de Jesus, para vivenciarmos um tempo de adoração, de silêncio, um tempo de vigília!
Cada um tem que procurar algo para consolar o Sagrado Coração do meu amado filho Jesus!
Você ainda tem tempo para refletir, estamos apenas no início do tempo de oração. Mas é também um tempo de muita adoração a Jesus, muito silêncio, um tempo de vigiar e orar! Porque é neste tempo que o demônio mais nos persegue, nos pensamentos, nas palavras, nos atos, nas ações; persegue as famílias, os jovem e as crianças. Não perca o tempo da graça! Não perca a felicidade de estar no oceano da misericórdia, orando pelo mundo. É um oceano que jorra do Coração Misericordioso para todos os confins da Terra, para todos os corações necessitados neste mundo.
Neste momento vamos pedir a Jesus: Misericórdia! Estamos vivenciando aqui a doçura de Jesus na brisa mansa. Ele vai ficar conosco, tomar conta de nós, nos abençoar, aliviar as nossa dores, curar as nossas feridas, lapidar os nossos corações e enxugar as nossas lágrimas.
Quem pediu a Jesus para enxugar as suas lágrimas hoje?
Eu estou sentindo que vocês estão precisando de Jesus para enxugar as lágrimas de vocês! O coração de vocês está aflito, atormentado e cheios de cobranças. Não cobre, agradeça ao Senhor! Nada acontece por acaso, ninguém tem culpa daquilo que acontece. Nós temos que ter sabedoria para olhar e ver que Deus é o nosso presente. Ele sabe de tudo o que acontece conosco. Ele conhece o nosso coração melhor do que qualquer um de nós. Ele vai lapidar o seu coração e trazer muitas graças.
Nossa vivência desse ano da Paz vai ser muito profunda! Nossa oração pelas crianças será a grande missão dos Apóstolos de Jesus. Orem pelos pequeninos! Eles estão orando por vocês, por cada um de vocês. A oração desses pequeninos é a mais forte, que mais combate o demônio, as suas ciladas e as suas armadilhas.
Jovens vocês precisam acender a chama da fé e de santidade. Está em suas mãos viver nesse santuário. Viver aqui, neste Santuário!
Cada um, ao receber a bênção do Céu, peça a Jesus para enxugar as suas lágrimas.
Por isso, com grande carinho eu quero abençoar todos os filhos!
Neste momento, Nossa Senhora abençoa a todos, enquanto cantam: “Dai-nos a bênção...”
Queridos filhos!
Eu abençoei carinhosamente a todos vocês!
Hoje, Jesus toca em nosso coração e toma conta de cada um de nós! Nesta mensagem de hoje, Ele nos coloca em vigília e oração. Estar em vigília e oração é estar nos braços de Jesus. Ele deseja tanto que permaneçamos com Ele, junto dEle, em construção da paz em nossas vidas e no coração de toda humanidade. Então, vamos nos oferecer a Jesus.
Neste momento de paz, alguém está precisando muito dessa paz. Você vai visitar no silêncio do seu coração, aquela alma linda que você ama, que você conhece e que esta precisando da paz. E você vai pedir a Jesus para cuidar daquela alma e enxugar seus prantos, peça a Jesus para dar a ela o fortalecimento da oração, que é a nossa fortaleza.
Essa bênção de hoje vai para os muitos aniversariantes! Os filhos sempre querem algo do Céu, porque a carência dos filhos de Deus é muito grande! Eu quero parabenizar ao meu filho Eduardo, desejar que Jesus conceda a ele muita força como missionário de Cristo nesta linda missão.
Ao meu filho Otávio, que Deus também lhe dê muita serenidade, sabedoria, discernimento; que você seja sempre capaz de transformar a sua vida em construção da paz e do amor.
À minha filha Afonsina, que Jesus também dê a ela um jardim de misericórdia. Que Ele seja essa misericórdia! Que Ele seja esse jardim, para sua vida e em todos os momentos de sua vida.
Ao meu filho Adelvânio, e ao meu filho Maurílio, que completam anos de caminhada, de missão e estão felizes e louvando à Santíssima Trindade por este sim. O que realmente lhes traz alegria, é viver neste santuário, é estar neste santuário construindo, cada dia mais, a santidade. Cristo precisa de nós para que o plano dEle aconteça no mundo.
O meu filho Ibrahim – que hoje está junto de Deus – deixou saudades no coração daqueles que ficaram. É importante sempre lembrar, que a nossa vida pertence ao Criador. O Criador é aquele que a qualquer momento pode vir em direção a nós e nos colher. Mas feliz é daquele que tem serenidade e sabedoria para ser colhido e ter a graça de viver realmente o encontro da paz, junto do Pai.
Que todos permaneçam em paz, com a bênção do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Essa bênção também é dedicada aos doentes.
A quem me ofertou as flores mais belas e lindas, eu quero oferecer à Santíssima Trindade, que é a nossa Paz, e às crianças também, que são o conteúdo de paz na Terra.
O Céu me chama, eis aqui a Serva do Senhor, a Mãe de Piedade, a Virgem Maria.

FONTE:
Santuário Nossa Senhora de Piedade - 

MARCADORES - INDICE DOS ARQUIVOS



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

OBRIGADA PELA VISITA. VOLTE SEMPRE!

OBRIGADA PELA VISITA. VOLTE SEMPRE!